domingo, 15 de novembro de 2009

A tatuagem e o tempo

(por Francine Oliveira)

É inevitável que a tatuagem perca a qualidade com o passar do tempo; em algumas, essa deterioração é quase imperceptível, mas o que ocorre é um "espalhar" da tinta, no sentido de que ela fica um pouco além dos limites do que antes era o traço ou o preenchimento, ou seja, ela vai crescer um pouco - em termos de milímetro (nem é milímetros, é milímetro mesmo!)...


Não há local do corpo que fique cem por cento imóvel, a pele de qualquer parte se movimenta, então o que "dita" a deterioração da tattoo é onde ela se movimenta menos e onde ela está menos exposta (por causa do sol).

No caso, algo que deve ser pensado é o desenho; se você vai tatuar num local com tendência maior a deformação, o melhor é que os traços sejam bem definidos (isso não significa que eles tenham que ser grossos) e que o desenho tenha poucos detalhes em preto, poucos traços "dentro" dos limites do próprio traço que delimita o desenho... por exemplo, um rosto no braço deveria ser sempre grande o bastante para que os detalhes estejam bem visíveis e não se "fundam" (tipo, os olhos devem estar visivelmente definidos, bem como o nariz e a boca, a ponto de poderem ser coloridos), então, uma tattoo clássica de uma fadinha seria algo fora de questão no braço a não ser que o rosto dela tenha no mínimo uns 4cm com ressalvas!

A tribal - e aqui posso também me referir a tatuagens totalmente pretas, seja maori, abstract noir, formas geométricas, estrelas e tudo o que tenha grande quantidade de preto (ou apenas preto) - é uma ótima opção, desde que não seja pequena e difícil de delimitar já quando é tatuada, tipo borboletinhas micro... por mais que a tinta se espalhe, ela não perderá a definição, a não ser que você cisme de colocar um detalhe "dentro" do desenho (por exemplo, um sol com um rosto... aí é bem provável que o rosto não fique definido por muito tempo).
Tatuagens que usam uma cor só para definir um fundo também são arriscadas... pensando, por exemplo, num céu azul escuro com estrelinhas... com o tempo as estrelinhas vão certamente perder a definição e vai ficar parecendo um borrão azul... pior ainda se as estrelinhas forem feitas apenas com tinta branca (que "queima" facilmente no sol) ou, ainda mais desastroso, se as estrelinhas forem azul claro! Uma menina aqui da facul fez um fundo para um "dragão tribal" que é o céu azul e o mar azul claro... isso, na certa, vai virar um borrão com uma tribal na frente!

Voltando aos lugares e tomando essa menina como exemplo, a tal tatuagem está na lateral da panturrilha, um lugar que deforma relativamente pouco, mas que ela faz questão de deixar sempre a mostra... ela não malha, então a tattoo vai deformar menos ainda, mas o sol vai "desbotar" a tattoo e tirar a definição do fundo. Se a tattoo fosse na batata da perna seria pior, pois é um local onde a musculatura está em constante movimento quando andamos... essa movimentação basta para "engrossar" o traço. Essa mesma menina (tomara que ela não leia este blog hahahaha) tem uma Betty Page no braço, e aí eu jogo um pouco da culpa no tatuador: o desenho começa uns centímetros abaixo do ombro, mas não está completamente na lateral do braço, está um pouquinho mais "pra dentro" e mais ou menos da coxa até onde começam pés ficam localizados na parte imediatamente de fora (ou ao lado) da articulação interna do braço (a pin-up está numa posição meio agaichada)... o que essa tattoo vai virar? O rosto vai se salvar por ser "grande", definido... mas o traço do ombro esquerdo da pin-up e parte do traço do braço provavelmente vão engrossar mais rápido que o restante dos traços... as pernas da pin-up, que já não ficam legal quando a menina dobra o braço tendem a se deformar um pouco com esse movimento, e os traços devem engrossar mais que o restante também. Eu sei que o cara é um bom tatuador, manda bem, mas não tem a mínima noção de posicionamento, algo que, durante o curso de tattoo ninguém parece se preocupar muito e fica dependente do bom senso do tatuador na hora de fazer... mas bom senso tb é relativo, já que isso depende do gosto do cara, né?! Ah, já ia me esquecendo... a menina também faz questão de mostrar a tattoo, então anda muito de camiseta... resultado II: a cor da "pele" da pin-up (que é um pouco mais escura que a pele da menina) vai desbotar e como parece que a tinta que ele usou foi misturada, vai ficar a cor primária dessa tinta, que é a que desbota menos, provavelmente um marrom claro!

No final das contas, acho que para se ter um bom resultado a longo prazo é só seguir a ideia de que, quanto menor o desenho, mais minimalista (menos elementos) ele deve ser (ou conter).


Mas tem ainda uma outra questão: a pele. Quanto mais estrias uma pessoa tiver, significa ter uma menor a elasticidade da pele e quanto menos elástica, maior a chance da tatuagem se deformar, ou melhor, maior a deformação da tattoo, principalmente em casos de a pessoa emagrecer ou engordar ou, no caso das mulheres, de engravidar. Para pessoas com peso inconstante, é melhor evitar tattoos em locais onde a gordura acumula mais, locais que mudariam em caso de emagrecer ou engordar mesmo.

Eu encontrei esse desenho, no Oráculo, mostrando os melhores lugares pra se tatuar... as informações estão corretas, mas o desenho ficou uma porcaria pq quiseram fazer algo estilizado e perderam a precisão da "localidade"... então ele fica servindo apenas para este último caso que eu falei. Eu coloquei umas bolinhas verdes para os lugares ideais em qualquer caso; só me esqueci de colocar na cabeça, o melhor local para manter uma tattoo bonita pra sempre (rs)

Eu só não concordo com a tattoo nas costas, pq depende muito de um milhão de fatores, como, se a pessoa fizer exercícios regulares para os braços, tríceps e essa região das "asas", um tattoo na parte lateral das costas se deformaria rapidamente; se ela fizer na parte inferior, principalmente no caso das mulheres, ela também vai se deformar, pois ali é um ponto de acúmulo de gordura... então o único lugar indicado no meio das costas seria a região que segue a espinha.


É claro que ninguém vai deixar de se tatuar onde quer por causa desses fatores; a deformação da tattoo ocorre a longo prazo, além de cada um ter sua prioridade no que diz respeito a conservação e beleza da tatuagem; para muitos, certos efeitos não importam e desde que uma parte da tattoo permaneça visível, o fundo seria o de menos... e, obviamente, um bom tatuador pode (e deve) orientar o cliente a respeito das modificações necessárias ao desenho para que ele se conserve NÍTIDO, a principal característica que todos devem buscar numa tattoo.

P.S.: Eu escrevi este texto com base no meu CONHECIMENTO PRÓPRIO, com o tempo que passo na minha vida pesquisando sobre o mundo da tattoo. Não copiei e colei NADA (além da imagem), apenas escrevi pensando no que podia me lembrar sobre o assunto e, por isso, não gostaria que alguém simplesmente chegasse aqui, copiasse e colasse em outro lugar SEM AS DEVIDAS REFERÊNCIAS! Isso não é só uma questão de respeitar o texto alheio, mas de respeitar sua própria intelectualidade/capacidade, cara pálida!

3 comentários:

  1. Belo post, me ajudou muito.
    Onde eu vou fazer acredito eu que não ira mudar quase nada com o passar do tempo.
    To pra fazer na parte exterior do antebraço.
    E além da preocupação com arrumar emprego tinha mais essa de deformar a tatuagem, mas depois de ler esse post eu fiquei mais tranquilo.
    Obrigado pela publicação.

    ResponderExcluir
  2. mas e frases? o que você acha?
    eu tenho vontade de fazer uma na coxa... mas parece não ser tão legal, ne?

    ResponderExcluir